Noticias

CHECK UP ANALÍTICO

Usufrua de um desconto em todas as análises, até 31/08/2017.

A realização de análises permite diagnosticar precocemente certas doenças e aumentar o sucesso do tratamento.

Perg....

Readmore..

O que fazer quando o gato urina ou defeca fora da caixa?

Se o seu gato urina ou defeca em todo o lado menos na caixa de areia está de certeza a deixá-lo com os cabelos em pé. Apesar de esta situação poder parecer o fim do mundo nã....

Readmore..

5 Dicas para tornar a ida do seu animal à clínica veterinária mais agradável

O seu gato esconde-se debaixo da cama no sítio mais inacessível de cada vez que tem de ir ao veterinário? É preciso uma vassoura para o tirar de lá?

Readmore..

O que me vai perguntar o Médico Veterinário na consulta do meu gato?

Quer esteja a visitar a clínica veterinária pela primeira vez, quer vá com o seu gato a um check-up anual, é importante ir preparado.

Readmore..

QUEDA DE PÊLO

Chega o outono e aumenta a queda de pelo nos animais.

Entra em casa e vê pêlo do seu animal por todo lado? Tem de aspirar vezes sem conta os locais onde o seu animal está?

Saiba ....

Readmore..

O que fazer quando o gato urina ou defeca fora da caixa?

Se o seu gato urina ou defeca em todo o lado menos na caixa de areia está de certeza a deixá-lo com os cabelos em pé. Apesar de esta situação poder parecer o fim do mundo não tem de ser. Há formas de remediar a situação para que o gato fique em casa e o comportamento desapareça.

Salve o seu gato

As estatísticas dizem-nos que, só nos Estados Unidos, cerca de 72% dos gatos, que são entregues em canis ou associações, são eutanasiados e o principal motivo da entrega de gatos em canis é o facto de urinarem ou defecarem em locais inadequados.

“ Um dos fatores por trás deste problema é o facto de 66% dos donos acharem que os gatos o fazem para se vingar, o que não podia estar mais longe da verdade” diz Ilona Rodam, médica veterinária especialista de medicina felina. Em vez disso, Esta situação acontece porque as necessidades físicas, sociais ou médicas do gato não estão a ser satisfeitas.

Fale com o seu médico veterinário

O primeiro passo para resolver o problema é marcar uma consulta para levar o seu gato à clínica veterinária assim que detete o problema. A Drª Rodam, que geralmente avalia primeiro o comportamento do gato, nota que a maioria dos gatos tem também um problema médico: “Os donos pensam, por exemplo, que o gato está a urinar fora da caixa devido à introdução de um novo gato mas os exames podem revelar que tem pedras na bexiga ou parasitas intestinais.”

Alguns gatos podem desenvolver obstruções urinárias que colocam a sua vida em risco porque os donos interpretam o seu comportamento como sendo apenas uma encenação. Por causa destas situações é que é essencial ter um diagnóstico e um plano de tratamento o mais rápido possível.

Se não houver motivo médico para a situação, então recomenda-se uma consulta de comportamento para perceber o que faz com que o gato não use a sua caixa de areia.

Marcação: sexual ou reacionária?

Antes de mais convém esclarecer a diferença entre urinar e fazer marcação. Quando fazem marcação, os gatos tendem a manter-se de pé e deitar um pouco de urina contra superfícies verticais. Quando urinam, geralmente os gatos raspam o chão e eliminam grandes quantidades de urina em superfícies horizontais. A marcação pode ser sexual ou reacionária.

 

Marcação sexual: O seu gato está esterilizado/castrado? Tanto os machos como as fêmeas podem exibir marcação sexual para marcar a sua presença e disponibilidade. A esterilização ou castração diminui drasticamente o comportamento de marcação sexual.

Marcação reacionária: Caso o seu gato seja esterilizado/castrado este tipo de marcação deve ser considerado. A introdução de outro animal, pessoa, mobília ou outros objetos em casa pode alterar o odor geral a que o seu gato está habituado e deixá-lo suficientemente stressado para induzir marcação com urina. Malas, mochilas e sapatos apanham novos cheiros cada vez que saem de casa por isso, pode ser boa ideia mantê-los fora do alcance dos gatos. Equipamentos que sofrem mudanças de temperatura como torradeiras, fornos e outros equipamentos eletrónicos também são alvo frequentes da marcação.

Comportamentos de marcação que se iniciam contra portas e janelas indicam que o animal se sente ameaçado por algo que vem de fora de casa. Nestes casos, aconselha-se bloquear a vista das portas e janelas, caso se suspeite que a marcação é desencadeada por animais que se veem no exterior. Certifique-se que a zona de descanso, a água e comida do seu gato está longe das janelas e portas de vidro.

Se a marcação se inicia em quartos interiores da casa, escadas e portas internas é indicativo de que, o fator de desencadeador do stress, vem de dentro de casa. Os gatos podem responder à presença de um novo animal ou pessoa com marcação de urina, colocando-se na posição de marcação vertical, podendo ou não urinar.

A Drª Rodam relembra que “O gato pode parecer que está na posição de marcação de território quando no fundo não consegue é urinar devido a um problema médico. As pedras na bexiga, o stress ou outros problemas podem estar por trás disto e tem de ser descartadas todas as hipóteses”.

Mantenha-se positivo

É importante perceber que punir o gato física ou verbalmente durante ou após a marcação de território provoca stress e faz com que o gato tenha mais motivos para urinar e escolha locais mais escondidos. Devemos focar-nos em modificar o comportamento de forma positiva recompensando sempre que o gato tem comportamentos que queremos com mimos, atenção, guloseimas ou o que o gato mais gostar.

Limpe frequentemente

Os gatos têm tendência a marcar os mesmos locais repetidamente. O odor da urina muda com o tempo e a marcação constante mantém o odor consistente. Daí ser muito importante limpar as zonas marcadas com urina frequentemente.

O mais eficaz é esfregar a zona com um detergente enzimático para a roupa diluído a 10% em água e deixar secar. Depois borrifar a zona com álcool isopropílico (pode encontrar-se em drogarias).

Produtos à base de lixívia são eficazes a remover os odores de superfícies de cimento ou vinil. Devem evitar-se sempre detergentes à base de amoníaco que para o gato cheiram a urina.

Experimente feromonas

Segundo alguns estudos, o uso de feromonas sintéticas no ambiente (sprays ou difusores) pode reduzir em até 90% o comportamento de marcação. O efeito em alguns casos mantém-se após parar a aplicação das feromonas.

O difusor de feromonas colocado perto da caixa de areia pode torná-la mais atrativa.

Trabalhar em conjunto para o melhor desfecho

 

Seja qual for a causa deve trabalhar em conjunto com o seu gato e o seu médico veterinário para resolver a situação. A recompensa de manter o seu gato saudável e feliz faz com que valha sempre a pena.